Após lançamento da nova CNH, motorista será obrigado a renovar o documento antigo?

Nova versão da habilitação começa a ser emitida no dia 1º de junho de 2022 e vem com uma série de mudanças.

O novo modelo da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) começa a ser emitido no dia 1º de junho para todo o Brasil. De acordo com a resolução publicada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o documento traz algumas mudanças em relação ao antigo.

Leia mais: Novo RG: Saiba quanto tempo você tem para solicitar o documento

Além da versão impressa, o condutor também terá acesso a uma versão digital da habilitação. Essa é apenas uma das diversas alterações, que podem ser observadas na imagem abaixo:



Conforme mostrado acima, ela terá um novo design, com detalhes em amarelo sobre o fundo verde. Também foi incluída uma tabela para indicar quais os tipos de veículo aquele motorista está apto a conduzir.

Quem possui apenas a permissão para dirigir terá a letra “P” impressa na carteira. Já o condutor que possui o documento definitivo será identificado pela letra “D”.


O modelo ainda conta com código QR, onde são armazenadas todas as informações pertinentes, além de dados sobre o uso da CNH para fins profissionais e um campo exclusivo para eventuais restrições médicas e de saúde.

Substituição será necessária?

Segundo o órgão nacional de trânsito, não é preciso correr para obter a nova CNH após seu lançamento. A versão atualizada do documento será emitida de forma gradativa, à medida que os motoristas precisarem tirar uma nova via.

O prazo de validade da habilitação é de 10 anos para condutores com idade inferior a 50 anos; 5 anos para condutores com idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 anos; e 3 anos para condutores com idade igual ou superior a 70 anos.

0 visualização0 comentário